Nosso Blog

O que é herpes ocular? Saiba tudo sobre a doença

Assim como nos demais órgãos do corpo, os olhos também podem ser afetados por doenças virais e bacterianas. Você já ouviu falar sobre herpes ocular? Provocada por um vírus, essa doença pode se manifestar em qualquer momento de vida e possui sintomas muito parecidos com a conjuntivite.

Hoje vou explicar o que é herpes ocular, quais são os principais sintomas e o que pode desencadear esse tipo de infecção.

Sobre o herpes ocular

O herpes ocular é uma infecção causada nos olhos pelo vírus do herpes simples tipo 1, o mesmo responsável pela transmissão do herpes labial.

A principal forma de contágio acontece pelo contato direto com o líquido acumulado em bolhas e úlceras geradas pelo herpes. Ou seja, uma vez em contato com as feridas ocasionadas pelo vírus, se o indivíduo não lavar bem as mãos e tocar diretamente nos olhos, é bem provável que a transmissão da doença possa acontecer.

Geralmente, esse contato acontece ainda na infância. O agente infeccioso entra no organismo, principalmente por meio das mucosas oral ou nasal, aloja-se nos nervos e permanece ali de forma silenciosa e inativa. Ao longo da vida, normalmente durante situações de estresse intenso ou períodos de baixa imunidade, o vírus é ativado e pode se manifestar na região dos olhos, causando o herpes ocular.

Segundo dados da Academia Americana de Oftalmologia, depois do primeiro episódio, existem 27% de chances de a doença se manifestar novamente em um ano e até 50% em cinco anos.

Principais sintomas

Os principais sintomas do herpes ocular são:

  • Sensibilidade à luz;
  • Vermelhidão e irritação ocular;
  • Coceira e sensação de corpo estranho nos olhos;
  • Dores e inchaço ocular;
  • Lacrimejamento excessivo;
  • Visão embaçada.

Além desses sinais, em alguns casos os pacientes com a doença também podem apresentar bolhas ou úlceras com as bordas avermelhadas na região próxima aos olhos. Sintomas, como febre e mal-estar, são menos comuns, mas também podem acontecer em situações pontuais.

Diagnóstico

Por ter sintomas semelhantes a outras doenças oculares, como a conjuntivite, o diagnóstico do herpes ocular pode não ser tão simples quanto parece. Portanto, é muito importante evitar qualquer tipo de automedicação e procurar o oftalmologista assim que os primeiros sinais começarem a surgir, a fim de evitar complicações.

Normalmente, para fazer um diagnóstico preciso, o médico considera os sintomas específicos da doença, faz alguns tipos de exames, como a oftalmoscopia, para identificar qual parte do olho está sendo afetada e só depois disso faz a indicação do tratamento correto.

Tratamento

O tratamento varia de acordo com o aspecto, a região dos olhos afetada e a extensão das lesões. A maioria dos pacientes responde bem ao uso de antivirais, tanto via oral quanto via colírios e pomadas, além de medicamentos. Além disso, caso seja necessário, o oftalmologista pode recomendar ainda compressas mornas ou frias e o uso de colírios antibióticos para prevenir o surgimento de infecções secundárias causadas por bactérias.

Estresse x herpes ocular

A saúde dos olhos pode ser diretamente afetada pelo estresse. Além da fadiga ocular, que causa dores de cabeça constantes e ardência nos olhos, crises intensas de estresse também podem desencadear a manifestação do herpes ocular.

Portanto, é muito importante buscar soluções capazes de reduzir as chances de crises dessa natureza. Nesse sentido, praticar atividade física de forma regular, ter uma boa alimentação e encontrar atividades que deem sensação de bem-estar são algumas indicações que podem auxiliar nesse processo.

E não se esqueça: percebeu qualquer sintoma ou sentiu algum incômodo persistente nos olhos, procure um oftalmologista. O diagnóstico precoce é a melhor saída para evitar problemas mais sérios no futuro.

Drª Paula Borges Carrijo
Oftalmologista
CRM 53336 | RQE 41855

Compartilhe:

Tudo sobre Glaucoma e Maio Verde

Glaucoma. Não adianta fechar os olhos! De acordo com a Organização Mundial de Saúde, OMS, em 2040 o glaucoma afetará cerca de 111,5 milhões de

Abra o Chat
Olá, como podemos ajudar?