Nosso Blog

Lúpus afeta a visão? Veja quais são os sinais

Mês de maio é o mês dedicado à conscientização sobre lúpus, uma doença séria que pode comprometer rins, pulmões, articulações e, também, a visão. Isso mesmo: por ser uma doença inflamatória, o lúpus afeta a visão.

Segundo dados divulgados pela Sociedade Brasileira de Reumatologia (SBR), no Brasil há cerca de 65 mil pessoas com lúpus, sendo a maioria mulheres. Trata-se de uma doença autoimune. O organismo produz mais anticorpos do que deveria, o que leva o sistema imunológico a “atacar” órgãos saudáveis.

A doença em si pode afetar diferentes partes do olho, como córnea, íris e retina. Os sintomas mais comuns são:

  • Olho seco (sensação de areia nos olhos);
  • Olhos avermelhados;
  • Fotofobia (quando há um incômodo com a luz);
  • Dor de intensidade variada;
  • Visão embaçada;
  • Alteração na identificação das cores e do campo de visão.

Outras alterações oftalmológicas importantes são causadas pelas medicações prescritas para o tratamento de lúpus, que também podem ser um potencial inimigo aos olhos. Os corticoides, por exemplo, são conhecidos como indutores do glaucoma e da catarata.

Existem outros medicamentos também utilizados no tratamento que podem ser tóxicos para a retina, com danos variáveis. Ou seja, podem ser assintomáticos (que não apresentam sintomas) ou podem causar a perda da visão.

Por isso, é importante ressaltar que, como o lúpus é uma doença que não tem cura e não existem métodos de tratamento que não sejam os remédios, é importante haver o acompanhamento de um oftalmologista de forma muito próxima, para aliviar os sintomas e evitar danos permanentes.

Dr. Paula Borges Carrijo
Oftalmologista
CRM 53336 | RQE 41855

Compartilhe:
Abra o Chat
Olá, como podemos ajudar?